noticia
23/02/2011 - 21h35 - Atualizado em 23/02/2011 - 23h07
ADM SITE - ()
TAMANHO DA FONTE A- A+
BLOG DO BRUNO conta história da emancipação política da cidade de Banzaê-Ba (2ª PARTE)
2ª PARTE

Em uma série de matérias o BLOG do BRUNO conta a história da emancipação política da cidade de Banzaê. Fantástico o nível da pesquisa e os conteúdos reunidos. Parabéns ao redator/pesquisador e ao município de Banzaê que completa mais um aniversário. Confira a 2ª PARTE!    

Fonte: Pesquisado por Bruno Matos Cezar -Por http://www.banzaebahia.blogspot.com/

 

 

22 ANOS DE EMANCIPAÇÃO POLÍTICA DE BANZAÊ: Nossos Meios de Comunicação

 
Banzaê do Alto (Sede)
 

Em nosso município existem como meios de comunicação para divulgar o município para o mundo, o nosso Portal banzaebahia.blogspot.com, o Blog do Bruno brunobanzae.blogspot.com , o Portal Oficial da Prefeitura Municipal www.banzae.ba.gov.br , o Blog Notícias do Monte montenius.blogspot.com, de Josivan Ribeiro do Povoado Monte, as Comunidades do Orkut e na Sede do município tem o Sistema de Som, R-SOM, que leva diariamente todas as notícias do município para os quatro cantos da Sede e do Povoado Campo do Brito e o Jornal Banzaê Notícias do Pastor Valdemir Santos, o primeiro jornal impresso da história de Banzaê que também esta disponível num portal, o www.banzaenoticias.br30.com .

A comunicação municipal pode ser feita também através de Telefone residencial e público que funciona desde 1997 na Sede e 2000 nos Povoados, através do Celular desde 18 de Abril de 2010 na Sede e nos povoados Campo do Brito, Marcação Indígena, Araças Indígena e Comunidade Pedra Furada, através do envio de Cartas, Telegramas,  Sedex e Tele/Fax e através da leitura de Jornal, Revistas e livros.
 
 

22 ANOS DE EMANCIPAÇÃO POLÍTICA DE BANZAÊ: Nosso Setor Industrial

 
Na foto a Beneficiadora de Polpa de Frutas no Povoado Tamburil

 

No Setor Industrial, destaca-se as beneficiadoras de Mandioca (farinha) e polpa de frutas e a nível artesanal: crochê, renda, bordado, arranjos de flores, bijuterias, salgados, cerâmica, trançado, cestaria, além dos produtos produzidos pelos índios.
 
 
 

22 ANOS DE EMANCIPAÇÃO POLÍTICA DE BANZAÊ: LAMPIÃO E MARIA BONITA EM BANZAÊ

 


A passagem do bando de Lampião e Maria Bonita em Banzaê foi marcada pelo maior assalto realizado naquela época e comentado até hoje, o senhor Joviniano Matos não achou o que fazer, roubou o queijo de Lampião e colocou pedra no lugar em seu alforge, porém o senhor Jovi como era conhecido roubou mais não levou, pois seu primo Joaquim Matos roubou o queijo dele deixando de fato ele e o próprio Lampião sem nada, assim diz a música de Zica, "Roubaram meu requeijão e não deixaram nada pra eu".
 
 

22 ANOS DE EMANCIPAÇÃO POLÍTICA DE BANZAÊ: Nossos Pratos Típicos

 

Bolos de vários sabores
Mungunzá
Cocada
Cuscuz
Pastel
Leite
Milho
Manauê
Mingau de milho
Arroz doce
Sarapatel
Beiju
Mocotó
Doce de leite e de calda
Feijoada
Rabada
Churrasco
Pescado

e entre outras guloseimas
 
 

22 ANOS DE EMANCIPAÇÃO POLÍTICA DE BANZAÊ: FAMÍLIAS BANZAÊENSES

 
Brasões de algumas famílias (Foto: Google Imagens)
 
ESSAS FAMÍLIAS SEMPRE FIZERAM E CONTINUAM
 FAZENDO A HISTÓRIA DE NOSSO MUNICÍPIO


MATOS, ANDRADE, DANTAS, FERREIRA, PEREIRA, ALMEIDA, MIRANDA, NASCIMENTO, SANTOS, SOUZA, COSTA, SOL POSTO, ABRAÃO, BITENCOURT, VITOR, ARANHA, CARDOSO, CALASANS, BRITO, CASTRO, TAVARES, SILVA, CHAVES, PAIVA, MACÊDO, RIBEIRO, ALVES, OLIVEIRA, CARVALHO, NOBRE, TEIXEIRA, REIS, CONCEIÇÃO, RODRIGUES, OLÍMPIO, MORAES, MORAIS, JESUS, FELIX, SANTANA ,CRUZ, FIRMINO, ALEIXO, BARBOSA, VITORIO, VIANA, GOUVEIA, GAMA, MOREIRA, FREITAS, PIRES , SOUTO, DIAS, NOVAES, CEZAR, GOMES, BASTOS, KIRIRIS, VIVALDO, PINHO, LIMA, LÍDIO, SILVEIRA, TRINDADE, GÓIS, CORREIA, AMPARO, SOBRINHO, ARAÚJO, XAVIER, TELES, BORGES, CABRAL, BATISTA, HORA, FELISMINO.
 
 
 

22 ANOS DE EMANCIPAÇÃO POLÍTICA DE BANZAÊ: História das Eleições Majoritárias

 
Foto antiga que mostra a
Praça Mãe Joana e a Rua Ferreira Brito

 

 
Na primeira Eleição de Banzaê, a disputa foi em clima de rivalidade pombalense com uma disputar entre Calazans x Brito, ou seja, disputaram a Eleição o ex. prefeito e vereador de Ribeira do Pombal Edval Calasans (Seu Divá) que era oposição, contra o ex. vereador de Ribeira do Pombal Antonio Bernardo da Costa Filho que era situação porque tinha o apoio de Nilson Brito que na época era Prefeito de Pombal.

Em 15 de novembro de 1989, no mesmo dia da primeira eleição presidêncial depois da ditadura e do governo eleito no Colégio Eleitoral, foram eleitos para serem o primiero Prefeito e Vice-prefeito do município recém criado Seu Divá para Prefeito e Cicinho como Vice-Prefeito, eles venceram a chapa derrota formada por Antonio Bernardo (Que foi por diversas vezes vereador de Ribeira do Pombal) como prefeito e Seu Benicio do povoado Salgado, os vencedores foram empossados em 1° de Janeiro de 1990.

Em 1992 aconteceu a 2ª Eleição Municipal e foram eleitos para assumir o mandato em 1° de Janeiro de 1993, a chapa apoiada pelo prefeito Seu Divá, a chapa foi formada por Zé Leal como Prefeito e Hamilton Viana como Vice-prefeito, na eleição de 1992 a chapa derrotada foi formada pelo então Vice-Prefeito na época Cicinho como candidato a Prefeito e o vereador José Zé Peixinho como candidato a Vice-prefeito.

Em 1996 aconteceu a 3ª Eleição Municipal, e assim como 1992 foram eleitos para assumir o mandato em 1° de Janeiro de 1997, a chapa apoiada pelo Zé Leal, a chapa foi formada pela 1ª Prefeita de Banzaê Jailma Dantas, tendo como companheiro de chapa o derrota em 1992, o ex. Vice-prefeito Cicinho, na eleição de 1996 a chapa derrotada foi formada pelo filho do ex. prefeito Seu Divá Rico como Prefeito e João César como Vice-Prefeito, nesta eleição aconteceu o racha entre o atual prefeito e a família Calasans do Seu Divá.


Em 2000 aconteceu a 4ª Eleição Municipal como 1996, outro racha aconteceu, ou seja, quando todos imaginavam que o ex. Prefeito Zé Leal iria apoiar a candidatura da Prefeita Jailma a reeleição, aconteceu ao contrário, Jailma foi sim candidata a reeleição com Cicinho como companheiro de chapa mais uma vez, mais perdeu a eleição para o ex. Prefeito Zé Leal que fez as pazes com a Família Calasans e teve como companheiro de chapa o filho de Seu Divá Rico que foi derrotado em 1996 para a candidata de Zé Leal na época Jailma, os eleitos assumiram o mandato em 1° de janeiro de 2001, e Rico além de ter sido eleito Vice-prefeito assumiu também a Secretaria Municipal de Saúde.

Na 5ª Eleição do Município de Banzaê em 2004, o Prefeito Zé Leal apoiou o Vice-Prefeito Rico que teve como companheiro de chapa o Vereador Zé Peixinho, mais com uma administração apagada e sem obras de grande destaque no município, o candidato de Zé Leal (Rico) perdeu a Eleição para a chapa vencedora que foi formada pela ex. Prefeita Jailma que queria volta a administração o município, e que teve como candidato a Vice-prefeito o Vereador Têca, Jailma e Têca foram empossados em 1° de janeiro de 2005 para um mandato de reconstrução que lhes rendeu a reeleição em 2008.

Em 2008 aconteceu a 6ª Eleição Municipal de Banzaê, a Prefeita Jailma com seu companheiro de administração Têca venceram as eleições, a chapa derrotada foi formada pelo Vereador Hamilton Viana que defendeu a administração de Jailma até abril daquele ano, como candidato a prefeito e o ex. prefeito Zé Leal como candidato a vice-prefeito, Jailma e Têca assumiram o novo mandato em 1° de janeiro de 2009.
 
 
 
 

22 ANOS DE EMANCIPAÇÃO POLÍTICA DE BANZAÊ: História do Legislativo

 


Ao longo da história o município teve um total de 29 Vereadores em 6 Legislaturas contando a atual, o atual presidente da Câmara Edson Brito esta em seu quinto mandato, o primeiro a conseguir o feito, com quatro legislaturas estão o vereadores Zé Peixinho (atual) , e já foram vereador por quatro mandatos, os ex. Têca que desde 2005 é Vice-prefeito, Zezi e Hamilton Viana que deixaram o cargo em dezembro de 2008, com três mandatos esta o atual vereador Irará e já foram vereadores por três mandatos, os ex. vereadores Gervásio e João Velho, com dois mandatos estão os atuais vereadores Galego Corinthiano, Joãozinho e Gilson do Camamum, e já foram vereadores por dois mandatos os ex. Tião da Loja e Netinho da Cachaça, no primeiro mandato estão os atuais vereadores Vanderlei, Adriano e Cido de Zezi, e já foram vereadores pro uma única vez os ex. Nininho do Salgado e Bastú (Finados), Zé Lourinho, Dode, Zé Leal, Paulo Sérgio, Genivaldo Peixinho, Antonilda, Sinho, Alex e Jackson do Campo do Brito, enquanto que assumiram apenas por um certo período os suplentes Zezito e Denilton do Mercado.

Além dos atuais e dos ex. vereadores, desde 1989 já foram candidatos a vereador (a) no município Celson Matos, Ruy, Donana (Em quatro eleições), Dernival (Em quatro eleições), Emelson do Salgado, Kayque da Queimada, Auxiliadora, Guilherme do Baixão, Pardal (Valdir), Zé de Alta, Cassia Matos, Raimundo Costa, Marlinda, Antonio do Sindicato, Roger do Sindicato, Renivaldo, Paulo César (Paredão), Karivaldo, Humberto, Lauro do Monte, Zé Domingos do Baixão, Domingos do Monte, Bingo de Mariana, Veroldo, Lucas Viana, Dona Vânia, Rita Silva, Tião, Maria Rosa, Almeida da Queimada, Jorge da Queimada, Manuel ex. Cacique, Tadeu Teixeira, Domingos do Campo do Brito, Laércio, Louro do Segredo, Luiz Carlos, Vaval e Renato do Boqueirão, a lista não esta na ordem dos anos das eleições disputadas.

Um fato interessante, é que na lista dos atuais, ex. e candidatos a vereador (a), existem quatro que disputou todas as 6 Eleições já registradas em Banzaê, são eles, Têca que é o único político banzaêense que nunca perdeu uma eleição quando seu nome esta em jogo, Têca venceu quatro eleições como vereador e as duas últimas como vice-prefeito, Edson Brito e Hamilton Viana vem em segundo lugar com 5 vitórias cada um quando seu nome estava em jogo, Edson Brito sofreu um derrota em 1996, já Hamilton Viana venceu quatro para vereador e uma para vice-prefeito e perdeu a primeira ano passado, já Zé Peixinho venceu quatro eleições para vereador ,perdendo duas eleições como candidato a vice-prefeito em 1992 e 2004, com cinco eleições disputadas estão Zezi que venceu quatro e perdeu uma em 1989, e Gervásio que venceu três e perdeu duas em 1989 e 2004, com quatro eleições disputadas estão o atual vereador Irará que perdeu apenas uma em 1996 e o ex. Jackson do Campo do Brito que venceu apenas uma em 1996 e perdeu três e os ex. candidatos Donana e Dernival, com três eleições disputadas estão o atual vereador Gilson do Camamum que perdeu uma em 2000 e os ex. João Velho que venceu todas e Netinho da Cachaça que perdeu uma em 2000 e Sinho que venceu apenas uma e perdeu duas em 1992 e 1996 e o ex. candidato Costa, com duas eleições disputadas estão os atuais vereador Galego Corinthiano e Joãozinho, e os ex. vereadores Paulo Sérgio, Tião da Loja, Bastú, Alex e Zé Lourinho e os ex. candidatos Renivaldo, Karivaldo, Paredão e Lauro, os outros só disputaram uma única eleição cada.
 
 

22 ANOS DE EMANCIPAÇÃO POLÍTICA DE BANZAÊ: Nossa Econômia Agrícola e Pecuária

 

No município de Banzaê desenvolvem-se as atividades produtivas através da Agricultura: milho, feijão, mandioca, banana, caju, acerola, manga entre outros, e Agropecuária: ovinos, suínos, caprinos, equinos e produção expressiva de bovinos. Vale ressaltar que o município é o 3º maior produtor baiano de castanha de caju e de produção de leite.
 
 
 

22 ANOS DE EMANCIPAÇÃO POLÍTICA DE BANZAÊ: Nossas Escolas

 
 Foto da frente do CEEC na Sede
 

 

No dia 24 de abril de 1972 iniciou o funcionamento da primeira Escola de Banzaê: Escola Municipal Edite Brito, localizada na Travessa Aristides Bitencourt, com o curso de alfabetização a 4ª série conforme a lei e Portaria PSEEB 1789/24.04.72 e Reg 99/19/03/1986. a mesma esta paralisada.

 
Em 1996, o Centro Educacional Edval Calasans, situado na Rua Vicente Gouveia, ofertou o Ensino Fundamental completo, conforme a Lei 065/26.11. 1996 e Portaria Res. CEE 196/95 de 13.01.96.

 
O Ensino médio, também foi autorizado a partir de 1996 conforme a lei acima citada, ofertando o Curso de Magistério até 2004. A partir deste ano o Ensino Médio passou a ser ofertado pelo Estado com o curso de Formação Geral no Colégio Estadual Flaviano Dantas do Nascimento.

 
O Município possui 10 Núcleos Escolares com 28 Escolas, 08 Escolas oferecem o Ensino Fundamental completo: o Centro Educacional Edval Calasans na Sede, e outras 07 nos Povoados: Escola Municipal João Bitencourt Paiva no Tamburil, Escola Municipal Palmares no Palmares, Escola Municipal Alfredo Macedo no Salgado, Escola Municipal Abrão Souza Gama na Queimada Grande, Escola Municipal José Dionísio de Oliveira no Monte, Escola Municipal Marechal Rondon no Araças e Escola Municipal José Camilo Leles no Campo do Brito.

 
As Escolas que ofertam a Alfabetização até a 4ª Série Primária são: José Benevides na Sede, Aurelino Miranda do Nascimento na Pedra Furada, Francisco Teixeira no Baixão II, João Tapera no Baixão I, Jonas Geraldo na Gitirana, José Gonçalves na Massaranduba, José Gonçalves de Souza no Boqueirão, Maria Preta na Maria Preta, Manoel Vivaldo dos Santos no Boqueirão, Mariana Dantas de Matos na Sede, Piauí no Piauí, São José no Camarão, Terra da Lua na Terra da Lua e Tia Anastácia.
 
 

22 ANOS DE EMANCIPAÇÃO POLÍTICA DE BANZAÊ: Nossas Entidades

 

O Município conta com um total de 149 Entidades de Classe, as quais estão assim distribuídas; 22 instituições religiosas; 15 Conselhos; 01 Pastoral da Criança; 02 Sindicatos e 25 Associações Comunitárias (Pedra Furada, Rainha da Paz, Trabalhadores rurais do Baixão II e Piauí, Camarão, Renovadora Monte, Excluídos da Reserva Kiriri, Monte, Baixão I, Senhor da Ascensão Kiriri de Mirandela, Campo do Brito, Maria Preta, Salgado, Boqueirão Produtores do Tamburil, N. Sra. Da Conceição da Fazenda Retiro, Terra da Lua, Saco dos Morcegos, Trabalhadores do Pau Ferro, Produtores Apícolas de Banzaê, Matinha, Boa Semente da Esperança, Gitirana, Banzaê e Art’ban de Artesões de Banzaê) e a Associação Comercial e Industrial de Banzaê (ACIB), o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (SISMUB) e o Sindicato dos Trabalhadores Ruais (STR).
 
 

22 ANOS DE EMANCIPAÇÃO POLÍTICA DE BANZAÊ: Nossos Povoados e Comunidades

 
Vista do Alto, Rua Ricardo Ferreira, Praça
Nossa Senhora da Conceição e Praça Mãe Joana,
Rua Arlinda Rodrigues e Coronel Brito
(Sede)

Na lista de Povoados que fazem parte de nosso território temos, Queimada Grande, Palmares, Campo do Brito, Mirandela Indígena, Araças Indígena, Salgado, Marcação Indígena, Boqueirão, Monte, Segredo Indígena, Baixa da Cangalha Indígena, Tamburil, Pau Ferro Indígena e Gado do Velhaco Indígena.

 
 
Na lista de Comunidades que fazem parte de nosso território temos, Queimadinha, Baixão I, Retiro, Camarão, Baixa do Juá Indígena, Pedra Furada, Baixão II, Engenho Velho, Mão de Plata, Pau Branco, Maria Preta, Terra da Lua, Cajazeiras Indígena, Baixa Indígena, Baixa Nova Indígena, Piauí, Massaranduba, Gitirana, Sítio I, Sítio II, Gameleira, Mato Velho, Sítio do Boqueirão e Barra.
 
 

 

22 ANOS DE EMANCIPAÇÃO POLÍTICA DE BANZAÊ: TODOS OS PRESIDENTES DA CÂMARA DE VEREADORES

 
 

 Nossa Bandeira


Edson Brito (4 Vezes Presidente)
 
 




 
Biênio 1990/1991 - José Ribeiro de Moraes (ex. prefeito Zé Leal)

Biênio 1992 - Hamilton Dantas Viana
 
Biênio 1993/1994 - Sebastião Pereira Bitencourt (Tião da Loja)

Biênio 1995/1996 - José Almeida Miranda (Zezi)

Biênio 1997/1998 - Hamilton Dantas Viana

Biênio 1999/2000 - José Ferreira Peixinho (Zé Peixinho)

Biênio 2001/2002 - Zé Peixinho (reeleito)

Biênio 2003/2004 - Paulo Sérgio Gonçalves de Souza

Biênio 2005/2006 - Edson Passos Brito

Biênio 2007/2008 - Edson Brito (reeleito)

Biênio 2009/2010 - Edson Brito

 
Biênio 2011/2012 - Edson Brito (reeleito pela quarta vez consecutiva)
 
 
 

22 ANOS DE EMANCIPAÇÃO POLÍTICA DE BANZAÊ: Localização, Características e Distâncias

 



Localização


O Município de Banzaê fica 296 km da Capital Salvador, via BR 110 – 116 – 324. Situa-se na região norte de Salvador e Nordeste do Estado da Bahia, possuindo um território com 211 km², sendo 52% de território Indígena, ocupado por duas aldeias situadas nos Povoados de Araçás e Marcação.
Banzaê faz divisa com os Municípios de Ribeira do Pombal ao Norte, Cícero Dantas ao Sul e Euclides da Cunha a Oeste.

CARACTERÍSTICAS


CEP - 48405-000
DDD - 75
Voltagem - 220
Distância da capital - 296 Km
Rodovia de acesso - A estrada de acesso à sede é a BA 220, a partir da BR - 110, km 164, Percurso de 27 quilômetros.
 

População total - 11.811 (IBGE 2010), São 5.992 Homens e 5.819 Mulheres, sendo que 4.039 moram na Zona Urbana e 7.772 na Zona Rural, este resultado pode ser alterado porque alguns povoados não foram incluídos como sendo de Banzaê e a questão esta para ser resolvida na Justiça.
 

Superfície - 212 km²
Distrito - Banzaê
Temperatura média - 24,3 ºC



 

Distâncias e principais vias de acesso


Cícero Dantas –Estrada Vicinal – 32 km
Euclides da Cunha –Estrada Vicinal – 70 km
Ribeira do Pombal– BR 110 – 42 km
Salvador – BR 110/ BR 116/ BR 324 – 296 km


 
Fonte: Blog do Bruno Matos Cezar
http://banzaebahia.blogspot.com/

 

 









Seu email:
Sua Senha:
Não sou Cadastrado

Newsletter E-mail:
Assinar Remover

 

PUBLICIDADE

 

Ver Agenda completa


nenhum registro encontrado

 

CLIMA


 

OFERECIMENTO
 
NOTICIAS AGENDA HUMOR DOWNLOADS ENTREVISTAS GALERIA MENSAGENS CLASSIFICADOS

© Copyright 2010 - Todos os direitos reservados

Desde Setembro de 2010